loading
tag categoria Mercado
Qual o melhor modelo para a expansão de empresas? Confira!

Por: Creazione Administrador, em 14 de março de 2019

Todo empreendedor se esforça para desenvolver ao máximo seus negócios. Para alcançar esse objetivo, será necessário investir na expansão de empresas. Entretanto, é essencial ser esse ato bem estudado, para que seja feito no momento adequado e da forma mais vantajosa possível.

Empresários quebram a cabeça para arquitetar as melhores estratégias e formas de fazer com que a expansão dê certo, afinal, trata-se de um processo difícil e detalhado, assim como a criação da própria empresa original.

A fim de instruir nossos leitores a conduzir a expansão de seu negócio de forma saudável, vantajosa e mais segura, redigimos este post que traz a importância dessa decisão, o momento ideal para tomá-la e quais são as diferentes formas de serem adotadas. Confira!

A importância da expansão de empresas

Todas as empresas que alcançaram sucesso internacional e se tornaram líderes de mercado passaram por processos de reinvenção para expandir no mercado.

Organizações como a Apple e Google poderiam ter estagnado e vivido vidas satisfatórias, mas essas empresas optaram por desenvolver Planos de Expansão Empresarial, continuando a se reinventar para alcançar sucesso inimaginável.

Entretanto, todo empreendedor precisa ter em mente que o mundo empresarial atual está em constante modificação, já que a todo momento surgem concorrente e novas tecnologias, e os clientes mudam seus perfis. Assim, nenhum modelo de negócios perdura eternamente.

Dessa forma, os planos de expansão de empresas são uma obrigatoriedade até mesmo para garantir sua sobrevivência no mercado, pois é uma forma de assegurar que o negócio se mantenha na ativa, aumentando suas vendas e expandindo sua cartela de clientes mesmo perante novos concorrentes.

Diante de sua importância e vantagens, é preciso que o empreendedor saiba como superar os principais desafios encontrados nessa expansão: saber precisamente o momento ideal para expandir e qual forma é a mais adequada ao negócio, que serão explicados nos itens a seguir.

O momento ideal para investir na expansão

Para saber quando é viável investir na expansão do negócio, é preciso maximizar previamente os ganhos da empresa original, ou seja, fazer com que ele tenha sucesso, esteja em sua capacidade total e tenha faturamento estável. Além disso, deve-se considerar os requisitos abaixo.

Os lucros nos últimos anos são favoráveis

Primeiramente, é preciso que sua empresa esteja em constante lucro. Mas o lucro recente não será suficiente, pois ele pode ser decorrente de sazonalidade, fatores externos e pontuais.

É preciso que os ganhos tenham sido contínuos e estáveis por um prazo de, no mínimo, três anos. Esse fato evidencia a lucratividade do negócio para os próximos anos.

Há um considerável número de clientes leais

A base sólida de clientes fidelizados também é um sinal de que a empresa manterá um mínimo de ganhos mesmo perante um mercado concorrido. Também é preciso averiguar se a quantidade de clientes leais está crescendo, pois indica que será necessário expandir o negócio para atender à demanda.

Existe um crescimento no ramo de atuação

Esse tópico consiste na hipótese de que o ramo em que o negócio atua está diminuindo ou até mesmo com previsão de desaparecer do mercado. Alguns exemplos são os serviços de lan house e de locação física de filmes.

Entretanto, caso o ramo esteja em crescimento, a tendência é que a demanda do seu negócio também aumente com o passar do tempo, o que exigirá uma expansão para atender a futura clientela.

É possível inserir serviços ou produtos complementares e adicionais

Sua empresa pode começar a oferecer itens complementares aos seus clientes com o intuito de atendê-los de forma mais ampla. Nessa hipótese, será necessário diversificar a linha de produtos e serviços, o que também pode exigir a expansão.

O negócio não consegue atender à demanda

Se o seu negócio está recusando clientes com frequência em razão de não ter capacidade de atender a demanda, significa que o negócio está operando em capacidade máxima e será necessário expandi-lo.

Antes de tomar sua decisão, faz-se importante buscar todas as formas para aumentar a produtividade da empresa, acelerar e otimizar o processo produtivo sem reduzir a qualidade. Caso ainda haja demanda que não é possível atender, justifica-se a expansão.

Principais modelos de expansão

Além de estudar o momento para expandir, é preciso saber qual método atenderá às suas necessidades. Trata-se de uma escolha relevante pelo fato de que cada uma delas tem suas próprias características e vantagens. Compreenda os modelos de expansão a seguir.

Outra unidade própria

Esse modelo consiste em abrir outro estabelecimento do mesmo negócio, no qual será utilizado o mesmo processo produtivo, a mesma marca e serão vendidas as mesmas mercadorias. Entretanto, o negócio será posicionado em outro local. Optar por esse modelo garantirá as seguintes vantagens:

  • segurança na gestão, pois você poderá controlar minuciosamente as operações da unidade;
  • expansão da sua marca e da imagem da empresa;
  • manutenção de um modelo de negócios de sucesso;
  • flexibilidade, pois é possível controlar a nova unidade diferentemente.

Entretanto, é preciso ter em mente que o trabalho será dobrado. Por isso, é preciso ter colaboradores e administradores confiáveis e competentes, e é preciso levar em consideração que haverá um aumento expressivo de custos fixos. Portanto, certifique-se de que o lucro da nova unidade será constante, assim como o da empresa original.

Franquias

A franquia consiste na criação de uma rede de sua marca. Os interessados (franqueados) adquirirão direito de abrir uma franquia do negócio e devem seguir à risca as determinações do franqueador para manter o padrão de qualidade da marca.

Normalmente a marca já oferece todo o suporte para o sucesso do negócio, como o treinamento dos colaboradores, know-how (como administrar e produzir) para desenvolver o negócio, estratégia de marketing etc.

O franqueador é remunerado com taxas que são pagas por meio das vendas da unidade da franquia. As principais características e vantagens desse modelo são:

  • maior segurança de mercado, pois será seguida uma fórmula de sucesso;
  • investimento de terceiros, pois o franqueador investirá na sua abertura;
  • crescimento rápido;
  • maior organização, já que os custos são predeterminados em diferentes aspectos, como a publicidade.

Licenciamentos

O licenciamento é um contrato comercial de transferência de know-how. Na prática, outro empreendedor comprará a licença de comercializar produtos sob o nome da marca. Faz-se importante não confundir esse conceito com franquia, pois o licenciamento se diferencia da seguinte forma:

  • empresário tem autonomia na administração do negócio;
  • poderá não ter taxa de adesão a marca;
  • contratos são geralmente de menor duração;
  • há menos obrigações entre as partes;
  • poderá ter liberdade na determinação de gastos com a publicidade local.

Fusão ou incorporação

Fusão e incorporação de empresas são modalidades de reestruturação societária que resultam na sua expansão. Entenda o conceito de cada um desses termos:

  • fusão: duas ou mais empresas se unem para dar origem a uma nova entidade;
  • incorporação: absorção de uma ou várias empresas por outra.

Nem sempre os concorrentes devem ser vistos como inimigos. As fusões e incorporações podem ser vantajosas caso o empreendedor busque atingir novos nichos de mercado ou tenha contato com empresários competentes e capazes de expandir seu negócio.

Fazê-lo reduz riscos, minimiza custos e une talentos. Mas é importante estudar os negócios das outras empresas com as quais será realizada a fusão ou incorporação para que ela seja vantajosa para o seu negócio.

A expansão de empresas possibilita o aumento do potencial de alcance e, consequentemente, a lucratividade. Entretanto, é fundamental que o ato seja estudado de forma minuciosa, pois o momento ideal para fazê-lo e o modelo escolhido são fatores cruciais para o sucesso da empresa.

Gostou do artigo? Então, curta a nossa página no Facebook para acompanhar todas as publicações!

Inscreva-se na Creazione:

nome

{{formnewsletter.result.title}}

{{formnewsletter.result.text}}

Calculadora | Sistema de contagem de prazos

Este sistema é destinado ao uso dos colaboradores da Creazione.
Determina a data final de um prazo, bem como a quantidade de dias contidos no período.

carregando prazos

{{prazos.result.title}}

{{prazos.result.week_day}}
{{prazos.result.holyday_date}}

{{prazos.result.next_working_day}}
{{prazos.result.next_working_date}}

{{prazos.result.week_day}}
{{prazos.result.end_date}}

{{prazos.result.normal_days}} dias entre {{prazos.result.initial_date}} e {{prazos.result.end_date}}
{{prazos.result.working_days}} dias úteis entre {{prazos.result.initial_date}} e {{prazos.result.end_date}}